Festa da Família 2017

familia

Com muita alegria, a Escola Brincar recebeu as famílias de suas alunas e seus alunos, no último sábado (06.05), para uma manhã de confraternização. Nosso professor de música, Kaika, e seu parceiro, Marcos Valente, recepcionaram as(os) convidadas(os) com um repertório variado de MPB. Na sequência, nosso parceiro Clóvis Domingos realizou dinâmicas que transmitiram mensagens de tolerância e partilha. Para finalizar, o Coral Vozes da Apae, com regência do professor Eder, cantou músicas conhecidas de todas as gerações. Todo mundo entrou na dança! Clique aqui para visualizar as fotos.

Fotos da Mostra Cultural

herois

Nossa Mostra Cultural foi sucesso! Teve peça de teatro, apresentação musical, exposição de fotografias, lambes e livros, desfile, experiência sensorial, lançamento de CD de músicas criadas durante as aulas de artes cênicas, e exibição de vídeo. Clique aqui para acessar todas as fotos.

A cidade que queremos

oficina foto (35)

Em continuação à série de atividades do projeto #SejaHeroiSejaHumano, os alunos da turma da Lu participaram de uma oficina de exploração da cidade, tanto pelo viés de suas potencialidades quanto das ineficiências. Com câmeras fotográficas em punho, registraram obstáculos pelo caminho: buracos na calçada; ausência de rampas; cercas eletrificadas; postes bloqueando o trânsito de pedestres e, principalmente, de pessoas cegas. Ao mesmo tempo, fotografaram as possibilidades que esses obstáculos podem oferecer: ninhos de pássaros construídos no fio do poste; a arte de rua que desafia as edificações “blindadas” por muros e cercas que dão choque; desenhos feitos a partir de texturas de tampas de metal no chão da calçada e de caixas de correio; cenários ressignificados. Confira as fotos dessa expedição aqui.

 

Cenários poéticos

poesia

Imagens do processo de criação da peça teatral <<A linda rosa juvenil>> com as turmas da tarde. Movimento, cores, desejos, sonhos e formas. Uma criação coletiva na qual a alegria é presença fundamental. Transformar espaços cotidianos em cenários poéticos é a mais bonita revolução para o olhar. Tudo está em nosso alcance, é preciso se abrir para as pequenas preciosidades.

JJJJ (5) (Copy) JJJJ (6) (Copy)JJJJ (8) (Copy) JJJJ (9) (Copy)JJJJ (7) (Copy) JJJJ (10) (Copy) JJJJ (1) (Copy) JJJJ (2) (Copy) JJJJ (3) (Copy)

 

Arte cidadã

 

sejaheroi (31)Na última quarta-feira (25), nossas alunas e nossos alunos saíram às ruas de Belo Horizonte clamando pelos direitos das pessoas com deficiência e conscientizando os passantes acerca da causa. Vestidos de super-heróis e super-heroínas, seguraram cartazes e colaram lambes com frases e desenhos que remetem ao direito à cidade, à acessibilidade e mobilidade urbana, ao direito de ser diferente. A atividade faz parte do projeto #SejaHeroiSejaHumano, desenvolvido durante as aulas de artes cênicas do professor Clóvis Domingos, em parceria com a jornalista Paula Lanza e o artista visual Warley Desali. Confira as fotos clicando aqui.

A Maior Flor do Mundo

flor (6)

Ao desenvolver o conto infantil A Maior Flor do Mundo, o escritor português José Saramago se deparou com um grande desafio: escrever para as crianças. Em seu livro, não apenas os pequenos, mas principalmente os adultos são conduzidos a uma viagem em busca do autoconhecimento. “E se as histórias para crianças passassem a ser de leitura obrigatória para os adultos? Seriam eles capazes de aprender realmente o que há tanto tempo têm andado a ensinar?”, escreveu Saramago, ao final da história.

A partir dessa provocação, o professor de artes cênicas Clóvis Domingos propôs a elaboração de um livro sensorial pelas alunas e alunos, bem como pelas professoras Adriana e Andreza. Uma publicação para ser lida pelos sentidos, permeada por cores e texturas, percebida pela singularidade do corpo, unindo sentimento e sensação, poesia e estranhamento, um convite para se criar uma história por rastros, pegadas, materialidades, um alfabeto tátil e visual para corpos brincantes.

Assim, com a utilização de elementos da natureza, como sementes e terra, os participantes trilham os caminhos desconhecidos enfrentados pelo personagem principal, que luta pela sobrevivência de uma flor. Nessa trajetória, o menino e os leitores descobrem a importância da persistência e aprendem que não há limites para sonhar e que pequenos gestos são capazes de grandes resultados.

Clique aqui para conferir as fotos da produção do livro sensorial.

Heróis da vida real

         herois
Hoje (27), em nossa aula de teatro dentro do projeto Circuitos Poéticos, desenvolvido com as turmas das professoras Cláudia e Lu, vivenciamos o lúdico e a criação de “personagens heróis” a partir da experimentação de figurinos e dos desejos de cada um. A pergunta inicial foi: “O que você faz de melhor?”. E as respostas foram: nadar, fazer bolo, amarrar meu sapato sozinho, jogar basquete, mexer no computador, catar fruta no pé etc. Enfim: nos interessam os heróis e heroínas dos possíveis, da vida cotidiana, dos poderes e das lutas reais que são viver, se alegrar, brincar, sorrir, estar com as pessoas, o poder de ser diferente e único, o poder que alimenta a vida e a roda dos afetos! Pois quando afirmamos as possibilidades é que nos sentimos não somente heróis poderosos, mas seres humanos potentes!!!
 
VIVA O PODER MAIOR: SER GENTE!
*Texto escrito por Clóvis Domingos, professor de artes cênicas da escola.
Clique aqui para ver as fotos desse dia.